Edição nº 1037 22.09 Ver ediçõs anteriores

Intel paga US$ 15 bilhões por startup de carro autônomo

Intel paga US$ 15 bilhões por startup de carro autônomo

A fabricante de chips Intel comprou por US$ 15,3 bilhões a israelense Mobileye, especializada em sensores, tecnologia usada para carros autônomos. Não se trata de um movimento surpreendente da gigante americana de microprocessadores. Nos últimos tempos, a companhia comandada por Brian Krzanich (centro) dava sinais de que buscava novos mercados e já havia anunciado investimentos de US$ 250 milhões em soluções para veículos sem motorista, um mercado que pode ser superior a US$ 70 bilhões.

Em julho do ano passado, por exemplo, a Intel já havia firmado parceria com a própria Mobileye e com a montadora alemã BMW, que prevê lançar uma frota de teste de 40 veículos autônomos, no segundo semestre. O investimento nesta área é uma forma de a Intel recuperar mercado. A companhia, que liderou na área de desktops, perdeu o bonde da mobilidade e não é um fornecedor relevante de chips para o mercado de smartphones. Agora, não quer ficar de fora da onda dos carros altamente tecnológicos.

(Nota publicada na Edição 1010 da Revista Dinheiro)

Mais posts

A aposta do Google

O Google anunciou, na quarta-feira 20, que comprou parte da empresa da fabricante de smartphones HTC por US$ 1,1 bilhão. Com o negócio, [...]

Maçã frágil

É melhor tomar bastante cuidado para não deixar o seu iPhone cair no chão. A Apple aumentou em R$ 100 o preço cobrado pela troca das [...]

US$ 15,8 bilhões

Serão movimentados pelo mercado de sistemas de inteligência artificial em 2021 Fonte: Tractica, empresa americana de inteligência de mercado (Nota publicada na Edição 1037 da Revista Dinheiro)

A queda dos tablets

(Nota publicada na Edição 1037 da Revista Dinheiro)

Chips desejados

A Toshiba acertou a venda de sua unidade de chips de memória por US$ 18 bilhões. O comprador será um grupo de empresas liderado pelo [...]
Ver mais