Edição nº 1019 19.05 Ver ediçõs anteriores

Intel paga US$ 15 bilhões por startup de carro autônomo

Intel paga US$ 15 bilhões por startup de carro autônomo

A fabricante de chips Intel comprou por US$ 15,3 bilhões a israelense Mobileye, especializada em sensores, tecnologia usada para carros autônomos. Não se trata de um movimento surpreendente da gigante americana de microprocessadores. Nos últimos tempos, a companhia comandada por Brian Krzanich (centro) dava sinais de que buscava novos mercados e já havia anunciado investimentos de US$ 250 milhões em soluções para veículos sem motorista, um mercado que pode ser superior a US$ 70 bilhões.

Em julho do ano passado, por exemplo, a Intel já havia firmado parceria com a própria Mobileye e com a montadora alemã BMW, que prevê lançar uma frota de teste de 40 veículos autônomos, no segundo semestre. O investimento nesta área é uma forma de a Intel recuperar mercado. A companhia, que liderou na área de desktops, perdeu o bonde da mobilidade e não é um fornecedor relevante de chips para o mercado de smartphones. Agora, não quer ficar de fora da onda dos carros altamente tecnológicos.

(Nota publicada na Edição 1010 da Revista Dinheiro)

Mais posts

Uber sofre revés em caso com Google …

A Uber sofreu um revés no caso que envolve a empresa de carros autônomos do Google, a Waymo. O juiz norte-americano William Alsup [...]

O carro voador da Toyota

A japonesa Toyota decidiu apoiar um projeto de carro voador desenvolvido por jovens engenheiros. O objetivo desse grupo é que o veículo [...]

O foguete Amazon

No dia 15 de maio de 2017, a Amazon comemorou 20 anos como empresa aberta. Confira alguns dados:

O avanço dos televisores

O mercado de televisores parece dar indícios de recuperação no Brasil. Uma pesquisa da Associação Nacional de Fabricantes de Produtos [...]

O sequestro do filme “Piratas do Caribe”

Ao mesmo tempo em que centenas de milhares de computadores tiveram seus dados criptografados por hackers que só o liberavam mediante a [...]
Ver mais