Edição nº 1015 20.04 Ver ediçõs anteriores

Economia circular e inteligente

A Embraco, fabricante de motores para refrigeração, por meio de sua subsidiária Nat.Genius, reciclou 9,5 mil toneladas de materiais entre 2015 e 2016. Somente o volume de aço reutilizado, de 5,6 mil toneladas, seria suficiente para produzir quatro mil automóveis.

As 144 toneladas de alumínio poderiam produzir mais de 10 milhões de latinhas. Já as três mil toneladas de ferro correspondem a 42% da Torre Eiffel. A empresa foi apontada pela Fundação Ellen MacArthur, que promove a chamada economia circular, como um case de sucesso global nesse segmento.

(Nota publicada na Edição 1015 da revista Dinheiro)

Mais posts

Engenharia ambiental

A saída para o aquecimento global é simples: reduzir as emissões de carbono e garantir que o planeta não aqueça mais do que 2°C, até [...]

A polêmica da nota fiscal

Um grupo de 160 ONGs está protestando contra mudanças feitas pelo Governo de São Paulo no sistema de doações da Nota Fiscal Paulista. Até março, o contribuinte que quisesse destinar parte do imposto a alguma organização devia apenas depositar suas notas em urnas colocadas nos estabelecimentos comerciais. Agora, a doação deverá ser feita por meio […]

Republicanos contra o pessoal de humanas

Um grupo de 70 cientistas da área de ciências humanas esteve no Congresso americano, ao final de março, para convencer a nova [...]

Até o carvão quer manter o pacto

O presidente americano, Donald Trump, quer deixar o Acordo de Paris, que visa reduzir o aquecimento global. Um dos motivos é para [...]

Viajante sustentável

Uma pesquisa realizada pelo site Booking.com, especializado em reserva de hotéis, mostra que os brasileiros preferem se hospedar em [...]
Ver mais

Recomendadas