Ciência

China suspende importação de carne brasileira

China suspende importação de carne brasileira

Carnes em um açougue de São Paulo - AFP

A China, segundo maior importador de carne bovina e aviária brasileira, suspendeu nesta segunda-feira as compras de carne brasileira, à espera de explicações sobre o caso que revelou as supostas adulterações em produtos para o consumo humano, informou o Ministério da Agricultura.

“Até receber as informações, a China não desembarcará as carnes importadas do Brasil. Hoje à noite, o ministro terá uma videoconferência com autoridades chinesas para prestar esclarecimentos”, diz nota publicada no site do Ministério da Agricultura.

O Brasil é o maior exportador mundial de carne e a China é seu segundo maior importador.

Em 2016, as receitas brasileiras de carne de frango congelada à China somaram 859,5 milhões de dólares e as de carne bovina fresca, congelada e refrigerada totalizaram 702,7 milhões, segundo dados do Ministério de Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

O Chile também decretou a suspensão temporária das importações, enquanto a UE vetou a entrada de carne dos frigoríficos envolvidos na investigação “Carne Fraca”.