Edição nº 1024 23.06 Ver ediçõs anteriores

Investidores

BR Distribuidora vai abrir capital

Banco Central e CVM apertam o cerco contra bancos e empresas abertas

O espelho da Petrobras

A inflação caiu. E agora?

Queda acelerada dos índices de preço reduz a rentabilidade dos títulos do Tesouro. Qual a melhor estratégia para ganhar dinheiro na renda fixa?

CVM condena Eike Batista por informação privilegiada

Papéis avulsos A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) condenou, na terça-feira 13, o empresário Eike Batista, por uso de informações privilegiadas em uma venda das ações do estaleiro OSX, ligado à petrolífera OGX. Segundo o processo, Eike vendeu ações da empresa no dia 19 de abril de 2013, pouco tempo antes de o estaleiro e […]

Rendimento dos fundos DI cai e fica igual ao da poupança

Com a queda da taxa de juros, os fundos de renda fixa referenciados DI, aqueles que compram títulos públicos atrelados à Selic, estão ficando com uma rentabilidade tão baixa quanto a da poupança. Segundo o Ranking Renda Fixa Macro, elaborado pelo economista Pedro Raffy Vartanian e publicado no blog Dinheiro pra Viver, os fundos DI […]

Os mestres da análise

DINHEIRO traz com exclusividade os melhores analistas de ações do Brasil. Saiba como eles trabalham e o que pensam do mercado

O pó de pirlimpimpim da Biomm

Papéis avulsos Fundada em 2001 pelos irmãos Marcos e Walfrido dos Mares Guia e pelo empresário Guilherme Emrich, a empresa de farmacêuticos Biomm viu o volume de negociação de suas ações crescer mais de dez vezes, da média diária de R$ 22,9 mil para R$ 263 mil, na quinta-feira 01. Na noite anterior, a companhia […]

Novo ânimo para a BRF

Papéis avulsos A crise que se abateu sobre o mercado desde o dia 18 de maio teve alguns ganhadores. Um deles foi a BRF. A empresa vinha sendo duramente punida pelos investidores desde a operação Carne Fraca, em março. No entanto, desde a turbulência provocada pela delação premiada dos irmãos Batista, seu valor de mercado […]

Quanto dura uma crise?

Solavancos como o provocado pela delação premiada da JBS podem gerar oportunidades de mercado. Mas é preciso saber como encontrá-las

Com crise política, investidor deve ter sangue frio mesmo na renda fixa

Da última quarta-feira para cá, o cenário brasileiro mudou da água para o vinho, deixando uma grande incógnita no mercado financeiro. A crise envolvendo as delações da JBS e o presidente Michel Temer deixou o mercado em ebulição. Na quinta-feira, a Bolsa travou as negociações por meia hora, o que não acontecia desde 2008 – […]

O dia depois de amanhã

Conheça o fundo imobiliário que investe em cemitérios e saiba por que esse negócio parece ser promissor

Um susto de R$ 219 bilhões

Papéis avulsos O movimento no pregão da B3, na quinta-feira 18, mostra que as palavras, sim, têm valor. Para ser exato, R$ 219 bilhões. Essa foi a perda do valor de mercado de todas as empresas listadas em um único dia. Só as três principais estatais, Petrobras, Banco do Brasil e Eletrobras, viram sua capitalização […]

As empresas voltam à bolsa

Depois de anos ausentes, companhias preparam novas captações de recursos na B3. Entenda os motivos

BTG Pactual lucra R$ 720 milhões

O BTG Pactual divulgou, na terça-feira 9, que seu lucro líquido no primeiro trimestre foi de R$ 720 milhões, queda de 29% ante o mesmo período de 2016. No ano passado, o resultado foi impulsionado pela venda de ativos, como a empresa de recuperação de crédito Recovery, comprado pelo Itaú Unibanco, e o banco suíço […]

Curto-circuito na Eletrobras

Em formulário enviado, na segunda-feira dia 1º de maio, à Securities and Exchange Commission (SEC), o regulador do mercado de capitais dos Estados Unidos, a Eletrobras reconheceu que as demonstrações financeiras da companhia de 2016 podem ser afetadas de maneira adversa. Traduzindo: lucros menores. O documento referia-se à queda de braço entre a estatal presidida […]

Tubarões de olho nos bancos brasileiros

Gestores de fundos estrangeiros buscam títulos de pequenas instituições financeiras emitidos no exterior

Festa na bolsa

Um ano após o afastamento de Dilma Rousseff, as ações bateram recordes de valorização. Isso vai continuar?

O sorriso dos banqueiros

Papéis avulsos O Santander Brasil, presidido por Sérgio Rial (à esq.) e o Bradesco, por Luiz Carlos Trabuco, anunciaram seus resultados financeiros na semana passada. A melhora na inadimplência, o aumento das receitas com tarifas e uma atitude espartana com relação aos custos deu razões para os dois banqueiros sorrirem. O Santander lucrou R$ 2,280 […]

A chave para os índices

Os ETFs, fundos que reproduzem carteiras de ações americanas e brasileiras, ganham força na B3

Otimismo com a fusão entre Kroton e Estácio

Papéis avulsos O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deverá usar todos os 330 dias de prazo, que se encerra no fim de julho, para analisar a fusão proposta entre a Kroton e a Estácio, avaliada em R$ 28 bilhões. Em janeiro, um parecer da Superintendência Geral do Conselho avaliou que a fusão tem capacidade […]

Arte no seguro

Esqueça os ladrões sofisticados. Crianças, encanadores e motoristas oferecem os principais riscos para pinturas e esculturas

Itaú Unibanco absolvido no Carf

O banco Itaú Unibanco, presidido por Roberto Setubal, venceu, na segunda-feira 10, o maior processo da história do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), que analisa as contestações tributárias dos contribuintes. Por maioria dos votos dos conselheiros presentes à sessão, realizada em Brasília, o banco conseguiu afastar uma autuação de R$ 22,92 bilhões, que não […]