Economia

Bullard diz que mercados não acreditam em trajetória para alta de juros do Fed

O presidente da distrital do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) em St. Louis, James Bullard, alertou hoje que os mercados financeiros não parecem acreditar que a instituição planeja continuar elevando as taxas de juros.

Em discurso em St. Louis, Bullard não deu sua visão sobre a perspectiva para os juros. Segundo ele, porém, o desempenho dos mercados desde a última elevação de juros pelo Fed, em março, indica que operadores e investidores não estão comprando a previsão do Fed de que mais dois aumentos ocorrerão este ano. Atualmente, a taxa do Fed funds está entre 0,75% e 1%.

“As leituras dos mercados financeiros têm se movido na direção oposta desde março” do que deveriam, disse Bullard, citando o declínio no juros dos Treasuries, expectativas mais fracas de inflação e menores chances de aumentos nos juros. “Isso pode sugerir que a trajetória contemplada da taxa de juros (do Fed) é excessivamente agressiva em relação aos dados concretos sobre o desempenho macroeconômico dos EUA,” acrescentou.

Bullard não vota nas reuniões de política monetária do Fed este ano, mas vem defendendo altas de juros de forma sustentada desde meados do ano passado.

Ainda de acordo com Bullard, os últimos indicadores vieram fracos, mas a economia dos EUA continua crescendo. Por outro lado, ele não vê fatores que possam impulsionar a inflação e avaliou que o recuo visto no desemprego deve ter efeito apenas limitado sobre os preços. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tópicos

Bullard Fed