Edição nº 1036 15.09 Ver ediçõs anteriores

De olho nas teles

Apesar dos desafios no horizonte das operadoras de telefonia no Brasil, a americana BroadSoft, dona de um faturamento global de US$ 340 milhões, enxerga oportunidade de bons negócios. A companhia está conquistando contratos graças à sua tecnologia, batizada de BroadSoft UC-One, que permite que os usuários conectem em um único número vários dispositivos, como celular, linha fixa e tablet. A empresa não confirma, mas a coluna apurou que as operadoras TIM e Embratel já assinaram contrato. “Nossa expectativa de crescimento é acelerada devido ao tamanho do mercado brasileiro”, afirma Hector Sanchez, vice-presidente de vendas para a América do Sul e Central.

(Nota publicada na Edição 1000 da Revista Dinheiro, com colaboração de: Luís Artur Nogueira e André Jankavski)


Mais posts

Por uns trocados a mais

Nos fins de semana e feriados, uma fila de helicópteros tem se formado para pousar na praia de Maresias, no litoral de São Paulo, [...]

Sonho americano

O projeto do empresário Chaim Zaher, dono do grupo SEB, de montar uma escola no Vale do Silício ganhou força. Na semana passada, Zaher [...]

Tornozeleira com boleto

Depois que a operação Lava Jato revelou os esquemas de corrupção em todas as esferas de poder e passou a condenar corruptos e [...]

Charge da semana: Lula

(Nota publicada na Edição 1036 da Revista Dinheiro)

De olho nas cidades

A Mastercard, uma das maiores empresas de meios de pagamento do mundo, encontrou mais um nicho de mercado para popularizar o uso do [...]
Ver mais