Edição nº 1036 15.09 Ver ediçõs anteriores

Um apelo à paz

Um apelo à paz

Em sua primeira mensagem como secretário-geral da ONU, o português António Guterres, que assumiu o cargo no dia 1º de janeiro, fez um apelo à paz. “Populações civis em vários pontos do globo são destroçadas sob a mais letal violência”, afirmou Guterrez. “Nestas guerras não há vencedores. Gastam-se bilhões de dólares na destruição de sociedes e economias, alimentando ciclos de desconfiança e medo que pode perpetuar-se por gerações.” O diplomata pediu que cidadãos, governos e dirigentes façam de 2017 um ano em que todos procurem superar as suas diferenças. “Seja através da solidariedade e da compaixão nas nossas vidas quotidianas, seja através do diálogo e do respeito, independentemente de divergências políticas”, disse Guterres.

(Nota publicada na Edição 1000 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Milho ou cana-de-açúcar?

Na hora de abastecer o carro, a dúvida de qual combustível escolher é recorrente para a grande maioria dos brasileiros. Por um lado, a [...]

Desmatamento diminui

O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) concluiu na última semana os trabalhos de medida da área de desmatamento da [...]

A ilha do lixo

Aquela garrafa pet, lata de refrigerante ou sacola de supermercado que acaba indo para bueiros e ralos têm causado grandes problemas a [...]

“A qualidade da água é comprometida pela legislação”

O nível de pureza das águas que saem pelas torneiras dos brasileiros sempre será inferior à qualidade observada em países da Europa e [...]

Furacão? É melhor ir se acostumando

Os estragos causados pelo furacão Irma no Caribe e na Flórida, na semana passada, foram assustadores e impressionantes. A tormenta [...]
Ver mais