Edição nº 1028 21.07 Ver ediçõs anteriores

Acomodação de grife em Paris

Acomodação de grife em Paris

Que tal se hospedar na suíte que pertenceu à estilista francesa Coco Chanel (1883-1971) durante 30 anos? O icônico hotel Ritz, em Paris, abriu recentemente suas portas após quase quatro anos em reforma. Ainda mais luxuoso, um de seus destaques é a suíte Coco Chanel, que fora residência da estilista até seu último dia de vida. Com 188 m², a acomodação, localizada no segundo andar, possui três amplas salas, uma delas com janelas do chão ao teto, que oferece uma vista única para a praça Vendôme. As cores brancas, pretas e douradas, que simbolizam a marca, também fazem parte dos itens e artigos decorativos da suíte, como os espelhos, todos dourados. Complementam o cenário, fotos de desfiles, esboços de desenhos e retratos da artista, que estão espalhados pelo local. Detalhes sofisticados, como os três banheiros em mármore e uma adega particular, fazem desta acomodação uma das mais disputadas do Ritz. Entre as amenidades do hotel, piscina coberta, academia, restaurante, bar e spa. O hóspede que optar pela suíte Coco Chanel terá, como cortesia, transfer de ida e volta, de limusine, do aeroporto ao Ritz. A diária, para duas pessoas, custa € 18 mil.

(Nota publicada na Edição 1000 da Revista Dinheiro)


Mais posts

Destinos do verão

Enquanto os brasileiros sofrem com a queda da temperatura, alguns hotéis de luxo abrem as suas portas no verão do Hemisfério Norte. [...]

iMármore

Para o fã de produtos da Apple que já tem um pouco de tudo, é possível incrementar a coleção com um acessório para trazer mais [...]

Precisão suíça

Uma exposição em Nova York apresenta um pouco da história da marca mais prestigiada do mundo dos relógios, a Patek Philippe & Co., [...]

Um amor de coleção

Chamada Flying Cloud, a nova coleção de joias da marca Chanel tem inspiração na vida de Gabrielle “Coco” Chanel (1883-1971). Mais [...]

Digno de primeira-dama

Demorou três anos, mas o apartamento da família Bouvier, no qual Jacqueline Kennedy Onassis (1929-1944) passou a infância, foi vendido. [...]
Ver mais