Edição nº 1019 19.05 Ver ediçõs anteriores

Velozes e valiosos

Velozes e valiosos

Ferrari J50: limitado em dez unidades, o modelo custa € 2,5 milhões / Lamborghini Aventador S: com 740 cv de potência, ele alcança 100 km/h em 2,9 segundos

Os colecionadores de carros esportivos têm mais duas máquinas para colocarem na lista de presentes para 2017. Ambas italianas, elas não se destacam apenas pelo peso de suas grifes, mas também pela potência e pelo preço. O modelo Ferrari J50 foi criado para comemorar os 50 anos da marca no Japão. A novidade é limitada em dez unidades e vem com carroceria targa, um tipo de conversível, de dois lugares, e teto feito em fibra de carbono, que pode ser “escondido” atrás dos bancos. Equipada com motor V8 3.9 litros, de 690 cv de potência, a supermáquina alcança 325 km/h e acelera de zero a 100 km/h em apenas três segundos. A versão está sendo vendida por € 2,5 milhões. Mas se a ideia for um esportivo, digamos, mais acessível, a Lamborghini pode ser a solução. A montadora acaba de apresentar o modelo Aventador S. Com motor V12, ele tem um total de 740 cv de potência, capaz de atingir velocidade máxima de 350 km/h. Ele faz de 0 a 100 km/h em apenas 2,9 segundos. O preço começa em US$ 421 mil.

(Nota publicada na Edição 999 da Revista Dinheiro)


Mais posts

No mar, com estilo

A região de Toscana, na Itália, é conhecida por suas belas paisagens e por abrigar cidades históricas como a capital Florença. Como boa [...]

O brilho de Jackie

Sinônimo de elegância e sofisticação, a ex-primeira-dama americana Jacqueline Kennedy Onassis (1929-1994) se tornou uma inspiração para [...]

Experiência geek

A cultura geek vem ganhando espaço na vida de todos seja por meio de vídeo-games, filmes ou séries. O movimento pode ser visto pelo [...]

50 anos de uma lenda

Considerada por especialistas a marca mais nobre dentro da tradicional Habanos S.A, a Cohiba acaba de completar cinquenta anos. Para [...]

Escultura milionária

O escultor romeno Constantin Brancusi é um dos principais nomes do modernismo mundial. Não por acaso, as suas obras raras são [...]
Ver mais