Edição nº 1023 15.06 Ver ediçõs anteriores

Orgânicos in loco

Orgânicos in loco

A startup paulistana Raízs, que comercializa produtos orgânicos, está levando os clientes para conhecer como funciona uma propriedade rural livre de agrotóxicos. A ideia é estreitar a relação com os clientes. O primeiro tour foi gratuito, realizado em outubro. O próximo será feito em dezembro e custará R$ 80. A plataforma, que foi lançada por Tomás Abrahão e Bruno Rebouças, conectou 39 famílias produtoras, mais de 200 consumidores e entregou mais de quatro toneladas de alimento orgânico. Abrahão trabalhou em Bangladesh no Grameen Bank, criado pelo Prêmio Nobel da Paz, o indiano Muhammad Yunus, e Rebouças deixou um emprego no Google para participar da empresa.

(Nota publicada na Edição 994 da Revista Dinheiro)


Mais posts

O fim do mistério sobre o “carro” da Apple

O carro da Apple não é um carro. O CEO da companhia, Tim Cook, falou pela primeira vez do assunto, em uma entrevista à agência de [...]

Todos querem a Toshiba

A Dell e a Apple se uniram a taiwanesa Foxconn, que produz o iPhone, para fazer uma oferta pela unidade de chips da japonesa Toshiba, [...]

O jogo recomeçou para a Microsoft

A Microsoft mostrou seu novo console de videogame durante a E3, feira de jogos eletrônicos que aconteceu em Los Angeles, na semana [...]

Negócio trilionário

(Nota publicada na Edição 1023 da Revista Dinheiro)

Carona tecnológica

São Paulo será a primeira cidade da América Latina a receber o serviço de carona da israelense Moovit, dona de um aplicativo de [...]
Ver mais