Edição nº 1032 18.08 Ver ediçõs anteriores

Orgânicos in loco

Orgânicos in loco

A startup paulistana Raízs, que comercializa produtos orgânicos, está levando os clientes para conhecer como funciona uma propriedade rural livre de agrotóxicos. A ideia é estreitar a relação com os clientes. O primeiro tour foi gratuito, realizado em outubro. O próximo será feito em dezembro e custará R$ 80. A plataforma, que foi lançada por Tomás Abrahão e Bruno Rebouças, conectou 39 famílias produtoras, mais de 200 consumidores e entregou mais de quatro toneladas de alimento orgânico. Abrahão trabalhou em Bangladesh no Grameen Bank, criado pelo Prêmio Nobel da Paz, o indiano Muhammad Yunus, e Rebouças deixou um emprego no Google para participar da empresa.

(Nota publicada na Edição 994 da Revista Dinheiro)


Mais posts

O novo voo dos pássaros furiosos

Desenvolvedora do famoso jogo de smartphones Angry Birds, a Rovio Entertainment está próxima de se tornar pública. Segundo informações [...]

iPhone mais americano

Principal parceira da Apple na produção do iPhone, a taiwanesa Foxconn pode passar a produzir as telas dos próximos smartphones da [...]

O Facebook está de olho nos vídeos

A mais nova investida de Mark Zuckerberg promete estremecer ainda mais as relações entre Facebook e Google. Lançada no dia 9, a [...]

Corrida livre

(Nota publicada na Edição 1032 da revista Dinheiro)

US$ 16 bilhões

Ao ano é o gasto das empresas de tecnologia para substituírem funcionários por conta de demissões relacionadas com bullying, racismo e sexismo (Fonte: Kapor Center for Social Impact) (Nota publicada na Edição 1032 da revista Dinheiro)

Ver mais