Edição nº 1036 15.09 Ver ediçõs anteriores

Por que Coca-Cola é a marca de consumo mais valiosa do mundo

Por que Coca-Cola é a marca de consumo mais valiosa do mundo

Quando a Coca-Cola criou uma nova versão de seu refrigereante, os fãs reclamaram e pediram a volta da Classic

Recentemente, o jornal britânico Financial Times divulgou o ranking das marcas globais BrandZ. Este ranking classifica as marcas em seu valor global. 

Segundo este estudo, a Coca-cola aparece como a 13ª marca mais valiosa do mundo, sendo, na categoria, de bebidas a mais valiosa. 

Recentemente, no evento as “Mais Valiosas da DINHEIRO”, a marca Coca-Cola foi premiada como a marca mais forte dos últimos 10 anos (Leia a matéria).

Algumas questões, certamente, surgem:

1. A marca Coca-cola ainda é forte?
A resposta é sim, mas talvez valha a pena contar com algumas opiniões de meus colegas do Kantar para o tema. 

“A Coca-Cola é a marca mais escolhida pelos consumidores no mundo (escolhida é um misto de penetração e frequência de consumo). Segundo nosso estudo Brand FootPrint (você consegue fazer o download do relatório deste estudo) dos 44 países que é realizada a pesquisa, ela é a mais escolhida em 10. O que faz esta marca bem-sucedida é que, além de toda a força de marca, ela possui um sistema de distribuição muito eficiente em quase todos os canais de venda, o que realmente faz desta marca excelentes níveis de penetração e frequência de compra.”

Christine Pereira, Diretora Comercial do KantarWorldPannel – empresa especialista Global em comportamento do Consumo 
 
Esta preferência junto aos consumidores faz com que a marca tenha uma distribuição bastante expressiva – como menciona a Christine – que garante vendas mais estáveis (menor variação, e para os investidores, menor risco), com prêmio de preço (substancial em relação aos concorrentes) e menores custos desde negociação com o canal – não se imagina um supermercado, um bar ou restaurante sem Coca-Cola. 

2. No passado sempre via a marca Coca-cola liderando o ranking das marcas Globais mais valiosas BrandZ. Hoje está em 13º lugar. Por quê? 

Em termos de valor absoluto, praticamente a marca manteve seu valor por volta dos US$ 80 bilhões. Porém, o que ocorreu é que inúmeras outras categorias apareceram, principalmente associadas à tecnologia e inovação, como Apple, Facebook e Google.

Estas novas empresas de alguma maneira ocuparam espaços antes somente reservados a empresas de bens de consumo. 

Como já mencionamos, a Coca-Cola continua muito forte , buscando ser extremamente relevante nos públicos mais jovens.

3. A Coca-Cola patrocinou a Olimpíada. Ações como esta agregam valor à marca? 
 
Primeiramente, como brasileiro, a Olimpíada foi motivo de orgulho nacional para mim e para milhares de brasileiros. Com toda esta vergonha de problemas econômicos, políticos e até morais, o brasileiro havia perdido a alta estima. Parece que isto foi muito bom para restaurar este orgulho nacional. 

Uma marca global, que se associa a um evento quase como local, cria vínculos do que chamamos de Glocal – Seja Global mais também Local. Em nossa opinião, a Coca-Cola associando-se com a Olimpíada, assim como  Visa, Bradesco, Nissan, Latam e Sadia, se beneficia muito desta associação. 

Seu posicionamento junto aos jovens também é muito interessante, trazendo muita vitalidade para esta marca. A associação deste atributo, juntamente com a tradição, realmente faz de uma marca tão líder como mencionado pela Crhistine a KantarWorldPannel. 

É indiscutível os desafios referentes à saudabilidade, que obviamente são importantes de serem considerados no longo prazo desta importante marca, mas sem dúvida,  por muito tempo será uma das marcas mais valiosas do mundo.
 


Mais posts

Marcas com propósito são escudos contra crise

Aprendizados dos 11 anos do ranking das marcas brasileiras mais valiosas

Amazon e Alibaba se destacam entre marcas varejistas mais valiosas do mundo

Ambas as marcas, que hoje focam em lojas virtuais, anunciaram que estão se preparando para ter lojas físicas

Como os Millennials têm influenciado o ranking das marcas mais valiosas

A geração dos nascidos entre 1981 e 2005 busca autenticidade, tecnologia e compartilhamento

Tecnologia: vilã ou mocinha?

Será que estarmos cada vez mais plugados traz impactos negativos para as marcas associadas às telecomunicações?

Quatro lições para construir a sua marca

Boa reputação da marca influencia velocidade do crescimento da empresa 
Ver mais