Edição nº 1036 15.09 Ver ediçõs anteriores

Petrobras ganha R$ 24 bilhões com delação de Delcídio e condução coercitiva de Lula

O valor de mercado da Petrobras, estimado a partir da cotação das ações ao meio-dia desta sexta-feira 4, avançou R$ 24 bilhões desde o fechamento da quarta-feira 2.

Uma avaliação preliminar, tendo em vista a cotação das 5,6 bilhões de ações preferenciais e 7,4 bilhões de ações ordinárias, mostra uma valorização de 26,1%.

Principal empresa envolvida na Operação Lava Jato, a estatal viu suas ações despencar ao longo dos últimos meses.

A delação premiada do senador Delcídio Amaral (PT-MS), antecipada com exclusividade na edição desta semana de ISTO É, e a condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na manhã desta sexta-feira, são vistos pelos investidores como sinais de uma recuperação dos preços das ações da estatal.


Mais posts

Gestor de fundos imobiliários questiona taxas cobradas pelo Credit Suisse

André Freitas, da Hedge Investments, solicita convocação de assembleia para reduzir taxas de 1,5% para 0,6%

Saída de Maria Silvia do BNDES já era esperada, diz analista

Já era esperado o pedido de demissão de Maria Sílvia Bastos Marques da presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e [...]

Queda da inflação eleva ganhos do Tesouro Selic

Rentabilidade real pode ser a maior desde 2008, apesar da redução dos juros pelo Banco Central

Real liderou entre os latinos em 2016

No ano  passado, o dólar teve a maior apreciação dentre as principais moedas latino-americanas; peso argentino teve [...]

Os analistas de ações merecem seus salários?

Em sua edição de número 948, que chegou às bancas na última semana de 2015, DINHEIRO publicou sua tradicional edição “Onde Investir em 2016”. A revista fez uma pesquisa junto aos analistas de mercado para saber quais as ações recomendadas para o ano. Repetindo o padrão, foram pedidas nove sugestões. Três ações de baixo risco, […]

Ver mais