Edição nº 1019 19.05 Ver ediçõs anteriores

Petrobras ganha R$ 24 bilhões com delação de Delcídio e condução coercitiva de Lula

O valor de mercado da Petrobras, estimado a partir da cotação das ações ao meio-dia desta sexta-feira 4, avançou R$ 24 bilhões desde o fechamento da quarta-feira 2.

Uma avaliação preliminar, tendo em vista a cotação das 5,6 bilhões de ações preferenciais e 7,4 bilhões de ações ordinárias, mostra uma valorização de 26,1%.

Principal empresa envolvida na Operação Lava Jato, a estatal viu suas ações despencar ao longo dos últimos meses.

A delação premiada do senador Delcídio Amaral (PT-MS), antecipada com exclusividade na edição desta semana de ISTO É, e a condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na manhã desta sexta-feira, são vistos pelos investidores como sinais de uma recuperação dos preços das ações da estatal.


Mais posts

Queda da inflação eleva ganhos do Tesouro Selic

Rentabilidade real pode ser a maior desde 2008, apesar da redução dos juros pelo Banco Central

Real liderou entre os latinos em 2016

No ano  passado, o dólar teve a maior apreciação dentre as principais moedas latino-americanas; peso argentino teve [...]

Os analistas de ações merecem seus salários?

Em sua edição de número 948, que chegou às bancas na última semana de 2015, DINHEIRO publicou sua tradicional edição “Onde Investir em 2016”. A revista fez uma pesquisa junto aos analistas de mercado para saber quais as ações recomendadas para o ano. Repetindo o padrão, foram pedidas nove sugestões. Três ações de baixo risco, […]

Trump x Trump, o candidato e o presidente

O que o discurso da vitória indica, e o que muda para o Brasil 

Hillary, Trump e o seu dinheiro

Como o resultado da eleição americana pode afetar os investimentos
Ver mais