Edição nº 1023 15.06 Ver ediçõs anteriores

O IPI do vinho sobe para 10%, cai para 6% e depois para 5%

O IPI do vinho sobe para 10%, cai para 6% e depois para 5%

A partir de janeiro, o IPI será de 6% para todos os vinhos, incluindo fortificados e espumantes

Nesta quarta -feira (2), pela manhã, a comissão mista do Congresso Nacional aprovou o seu relatório sobre o aumento do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados). A partir de janeiro, o imposto será de 6%, para todos os vinhos, incluindo fortificados e espumantes. 

Em 2017, o imposto cai para 5%. E neste mês de dezembro, a alíquota fica nos 10%, como previsto na medida provisória anunciada pelo governo três meses atrás. 

A MP deveria entrar em vigor no dia 1º de dezembro, mas a comissão que deveria avaliar o texto só votou seu relatório hoje cedo. Sobre o estoque, quem já teve o seu IPI pago (então de até R$ 1,08 por garrafa), ainda não há definição de como proceder. O relatório da comissão mista segue agora para votação do em plenário.


Mais posts

Artesanal é legal

A campanha de arrecadação de recursos para ajudar o vinhateiro gaúcho Eduardo Zenker, da Arte na Vinha, já entrou no ar, batizada de [...]

Denúncia leva a interdição dos vinhos de Eduardo Zenker

Há duas maneiras de entender o trabalho do agricultor Eduardo Zenker. Uma delas é ver este pequeníssimo produtor gaúcho como um rapaz [...]

Morre herdeira da vinícola Guatambu

A jovem Isadora Potter, sócia-proprietária da vinícola Guatambu, foi encontrada morte nesta quinta-feira (8), em seu apartamento, em [...]

Conheça os vinhos que venceram o Top Ten

  O concurso Top Ten elege, em prova às cegas, os melhores vinhos presentes na Expovinis, em dez categorias. Jurados [...]

A semana do vinho

Quantas garrafas serão abertas de vinho em São Paulo nesta semana até o dia 11 de junho? Impossível calcular, mas serão muitas. [...]
Ver mais