11/09/2014

  • // Por: Ralphe Manzoni Jr.

Compartilhe:

Imprimir:

Vagas.com.br cria o maior big data de carreira do Brasil

O empresário Mario Kaphan criou uma empresa sem meta e sem orçamentos e na qual o dono não manda. Agora, está lançando a maior base de dados de RH do País 


Mario Kaphan, fundador da Vagas.com.br: base de dados de carreira conta com informações de oito milhões de currículos
Mario Kaphan, fundador da Vagas.com.br: base de dados de carreira conta com informações de oito milhões de currículos

Quando tinha 16 anos, Mario Kaphan visitou seu avô na Califórnia, nos Estados Unidos. Nessa época, ele presenciou uma cena que o marcou. Em suas andanças na região, viu alunos amarrando um professor na cadeira em uma “aula” na Universidade de Berkeley, um dos maiores palcos dos movimentos pacifistas da década de 1960.

A questão de questionamento da autoridade ficou gravada em sua mente. Hoje, com mais de 60 anos, Kaphan é o fundador de uma empresa que não tem metas, nem orçamento. E o dono, no caso ele, não manda, pois as decisões precisam ser tomadas por consenso entre os funcionários. Até as demissões são feitas de forma coletiva.

Trate-se do site Vagas.com.br, um dos maiores portais de emprego do Brasil, com oito milhões de currículos cadastrados, que está lançando o maior big data de carreiras do País.

Na ferramenta chamada mapa de carreiras, disponível gratuitamente no site, todos os currículos armazenados no portal passaram por um processo de “limpeza” e foram organizados para dar informações com o máximo de precisão.

São seis mil cargos, com conexões mais recorrentes e suas respectivas faixas salariais. “Temos muitas informações e queríamos criar uma maneira de fazê-las voltar ao mercado, de forma a ser útil aos recrutadores como às pessoas que procuram emprego”, diz Kaphan.

A Vagas.com.br foi fundada em 1999 por Kaphan. Desde o início, o empresário adotou um modelo de gestão que só anos depois ele conseguiu classificar como horizontal – em contraponto com as estruturas verticalizadas da maioria das corporações.

Aos desavisados, a empresa pode parecer uma república anárquica. Quem a conhece de perto, verá que é cheia de processos para dar agilidade a tomada de decisões. Reuniões quinzenais de comitês, abertas a participação de qualquer um dos 160 funcionários, decidem sobre os principais temas da empresa. “Chegamos a ser mais eficientes do que as empresas hierarquizadas”, diz Kaphan.

Desde sua fundação, a receita da Vagas.com.br cresce a uma média anual de 35%. O ano em que menos cresceu foi 25%. Com isso, seu faturamento chegou a R$ 28 milhões no ano passado. Lucro? Não é um objetivo, mas uma consequência. “É claro que somos lucrativos”, diz Kaphan. “Mas nossa obsessão é fazer diferente.”

Apesar de o portal Vagas.com.br ser a face mais visível do negócio, Kaphan ganha dinheiro vendendo uma solução de computação em nuvem para departamentos de recursos humanos. O software ajuda as companhias a recrutar funcionários.

Atualmente, a Vagas.com.br conta com 2,6 mil empresas clientes. Das 100 maiores companhias do Brasil, 68 delas estão entre as 100 maiores do Brasil.  

CORREÇÃO: O nome do fundador da Vagas.com, Mario Kaphan, foi escrito incorretamente na primeira versão deste post. O texto que está no ar, agora, conta com a grafia correta


Avalie esta notícia:  starstarstarstarstar

Compartilhe:

Imprimir:

Deixe um comentário

(O comentário não pode exceder 500 caracteres)

Ralphe Manzoni Jr.
Ralphe Manzoni Jr. é diretor de conteúdo digital da DINHEIRO. Há mais de 20 anos, cobre as áreas de negócios, internet e tecnologia