Edição nº 1024 23.06 Ver ediçõs anteriores

Assentamentos ilegais

O secretário-geral da ONU, António Guterres, criticou uma lei aprovada por Israel que regulariza assentamentos na Cisjordânia, território palestino. Guterres lamentou que o projeto tenha passado pelo Knesset, órgão legislativo israelense, na segunda-feira 6, e afirmou isso viola o direito internacional.

Uma semana antes, especialistas em direitos humanos já haviam protocolado, na ONU, um pedido para que o órgão tomasse medidas diplomáticas contra a expansão dos assentamentos em território palestino. Israel, no entanto, ainda planeja construir mais seis mil casas na região.

(Nota publicada na Edição 1005 da Revista Dinheiro)

Mais posts

O poder de sedução de Gisele e os bilhões da Noruega

Na segunda-feira 19, o presidente Michel Temer anunciou, via Twitter, o veto integral da MP 756 e de alguns itens da MP 758. As duas [...]

Sem desperdício

A Rhodia desenvolveu um projeto para transformar resíduos de tecidos e peças descartadas em acessórios como anéis e armações de óculos, além de porta-copos, bancos e mesas, entre outros objetos de design. A iniciativa é uma parceria com a marca de lingerie carioca Monthal e inclui ainda a geração de renda e trabalho para mulheres […]

Natalidade indiana

Em aproximadamente sete anos, a Índia deve desbancar a liderança chinesa e tornar-se o país mais populoso do planeta. Em 2030, a [...]

Tanque cheio

Na terça-feira 20, gigantes petrolíferas americanas manifestaram seu apoio à instituição de um imposto sobre as emissões de dióxido de [...]

Triste marca

Um novo relatório da Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) mostra que cerca de 66,5 milhões de pessoas foram forçadas a deixar seus [...]
Ver mais