Edição nº 1032 18.08 Ver ediçõs anteriores

Assentamentos ilegais

O secretário-geral da ONU, António Guterres, criticou uma lei aprovada por Israel que regulariza assentamentos na Cisjordânia, território palestino. Guterres lamentou que o projeto tenha passado pelo Knesset, órgão legislativo israelense, na segunda-feira 6, e afirmou isso viola o direito internacional.

Uma semana antes, especialistas em direitos humanos já haviam protocolado, na ONU, um pedido para que o órgão tomasse medidas diplomáticas contra a expansão dos assentamentos em território palestino. Israel, no entanto, ainda planeja construir mais seis mil casas na região.

(Nota publicada na Edição 1005 da Revista Dinheiro)

Mais posts

Epidemia americana

Desde o final da década de 1990, mais de 300 mil americanos morreram em decorrência de overdoses de analgésicos do tipo opióides, [...]

Show do milhão

O Google decidiu fazer um novo investimento, de R$ 1 milhão, para as ONGs vencedoras da segunda edição do seu Desafio de Impacto Social. As organizações, num total de 10, foram escolhidas em um concurso realizado no ano passado. Os recursos serão distribuídos em suporte e apoio financeiro . Entre os projetos estão o Arrendondar, […]

Líderes bem preparados

A Escola de Negócios de Stanford, nos Estados Unidos, passará a oferecer um curso de liderança voltado exclusivamente para a comunidade [...]

A união dos intolerantes

A violência que eclodiu durante os protestos de Charlottesville, nos Estados Unidos, tem como pano de fundo a união de grupos [...]

Vitória indígena

Os povos indígenas do Brasil podem comemorar uma grande vitória no Supremo Tribunal Federal. Na quarta-feira 16, a mais alta corte do [...]
Ver mais