Finanças

Após ganhos recentes, bolsas asiáticas perdem fôlego e fecham sem direção única

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta quarta-feira, com parte delas perdendo fôlego após os ganhos dos dois pregões anteriores, que vieram em meio à redução de temores relacionados à Coreia do Norte e ao furacão Irma, que aparentemente causou menos estragos nos EUA do que se previa.

Em Hong Kong, por exemplo, o índice Hang Seng caiu 0,28% hoje, a 27.894,08 pontos, pressionado por ações de grandes bancos.

Já em Taiwan, o Taiex recuou 0,73%, a 10.532,88 pontos, com papéis de fornecedores de componentes eletrônicos da Apple caindo num movimento de realização de lucros, uma vez que o anúncio oficial de novos iPhones ontem, em evento na Califórnia, trouxe poucas surpresas.

Em Seul, o sul-coreano Kospi também ficou no vermelho, com queda de 0,22%, a 2.360,18 pontos.

No mercado japonês, por outro lado, o Nikkei exibiu ganhos pelo terceiro pregão seguido e renovou máxima em cinco semanas, ao subir 0,45% em Tóquio, a 19.865,82 pontos, ainda ajudado pela desvalorização do iene ante o dólar nos últimos dias.

Na China continental, o dia foi de ganhos moderados. O Xangai Composto avançou 0,14%, a 3.384,15 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto subiu 0,44%, a 1.994,98 pontos.

Nas Filipinas, o PSEi teve alta marginal de 0,06% em Manila, a 8.053,88 pontos, após ficar inativo ontem devido à suspensão de operações de compensação e liquidação no sistema bancário do país.

Na Oceania, a bolsa australiana fechou em ligeira queda de 0,04%, depois de subir nos dois dias anteriores, com o índice S&P/ASX 200 a 5.744,30 pontos. Com informações da Dow Jones Newswires.