Mundo

‘Mais de 50’ soldados afegãos mortos em ataque talibã contra base

‘Mais de 50’ soldados afegãos mortos em ataque talibã contra base

Policiais afegãos em Nad Ali, distrito da província de Helmand - AFP

“Mais de 50 soldados afegãos foram mortos” no ataque de sua base pelos talibãs nesta sexta-feira perto da grande cidade do norte Mazar-è-Sharif, indicou à AFP um porta-voz do exército americano em Cabul.

O ataque, que durou várias horas e foi reivindicado pelos insurgentes, terminou no início da noite, de acordo com este porta-voz, que não quis se identificar.

“No total, dez agressores conduziram este ataque, sete deles foram abatidos, dois se imolaram e um foi detido pelas forças afegãs”, explicou o porta-voz do Ministério da Defesa afegão, Dawlat Waziri.

Anteriormente, Waziri havia dito que os rebeldes estavam vestindo “uniformes”.

Em um comunicado, o general americano John Nicholson, que lidera a operação da Otan Resolute Support, disse que o ataque ocorreu “enquanto os homens oravam ou estavam na cantina” da base, que pertence ao 209º regimento do exército afegão, perto de Mazar.

O general saudou “os comandos afegãos que puseram fim a estas atrocidades”.

Trata-se do pior ataque contra as forças afegãs desde o ocorrido no início de março contra o principal hospital militar do Afeganistão, em Cabul, que deixou oficialmente ao menos 50 mortos, e possivelmente o dobro desse número.

Os talibãs reivindicaram esta nova operação em um comunicado.

“Às 14H00 (06H30 de Brasília) nossos combatentes lançaram um ataque complexo contra o corpo do exército baseado em Mazar-è-Sharif, na província de Balj, matando dezenas de soldados”, disse o porta-voz Zabihullah Muyahib.