Política

Anonymous vaza dados do presidente do Senado Eunício Oliveira

O grupo hacker Anonymous Brasil assumiu nesta quinta-feira, 2, o vazamento de dados pessoais do presidente do Senado Eunício Oliveira (PMDB-CE). Em publicação nesta tarde, o grupo divulgou uma ampla lista de informações do político, eleito nesta quarta-feira, 1º, o novo presidente do Senado Federal.

Segundo publicação feita na página oficial do grupo no Facebook, o vazamento é “uma homenagem ao presidente dos corruptos”, em menção às citações de Eunício nas investigações da Operação Lava Jato. Entre os dados vazados, estão nome completo, CPF, endereço, telefone e uma longa lista de propriedades e bens do senador.

A descrição de muitos dos bens bate com a declaração fornecida por Eunício ao Tribunal Supremo Eleitoral em 2014, quando o político se candidatou ao governo do Ceará. No entanto, valores totais de contas bancárias em nome de Eunício estão diferentes, o que leva a crer que o Anonymous teria uma fonte diferente de informações.

Além de divulgar os dados de Eunício, o Anonymous Brasil também derrubou o site oficial do senador, eunicio.com.br. O grupo também conclamou os usuários de sua página no Facebook a “ligar em sua residência para perguntar pessoalmente sobre seu envolvimento nas propinas da Lava Jato”. “A mensagem é clara e direta: político, principalmente corrupto, não terá sossego enquanto nós estivermos aqui”, disse ainda o grupo, fornecendo um link para os dados de Eunício.

Procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa do senador Eunício Oliveira disse que não vai se pronunciar sobre o tema.